Sean O'Malley

Sean O'Malley
Nacionalidade:
EUA
Vidas e trens:
Glendale, EUA
Data de nascimento:
24 de Outubro de 1994 (29 anos)
Local de nascimento:
Helena, EUA
Crescimento:
5′10″ / 180 cm
Extensão do braço:
72″ / 183 cm
Registro:
18-1, 12 КО
Categoria de peso:
Peso galo (135 lbs)
Profesbut:
6 de Março de 2015
Apelido:
Açúcar
  • Próxima luta.

A data da próxima luta de Sean O'Malley ainda não foi definida.

  • A batalha final

Data
Oponente
Registro
Localização
Resultado
  • Lista de lutas

Data
Oponente
Registro
Localização
Resultado
  • Notícias do boxe: Sean O'Malley

"Prepara-te para sangrar arco-íris". Garcia está pronto para lutar com O'Malley.
23 de Abril de 2024 às 08:37

O pugilista americano Ryan Garcia disse que não se importava de partilhar o ringue com o seu compatriota Sean O'Malley, campeão de pesos leves da UFC.

O'Malley disse anteriormente que a direção da UFC estava disposta a dar-lhe luz verde para um combate de boxe se isso trouxesse dinheiro suficiente para a promoção.

"O clone diminuído de Conor quer um combate de boxe. Hmmm, eu queria MMA, mas vamos a isso! Vou destruir-te - o pequeno pónei não me consegue vencer. O Rainbowhead quer lutar boxe - preparem-se para sangrar arco-íris", escreveu Garcia na rede social X.

Recorde-se que, no fim de semana passado, Garcia derrotou de forma sensacional Devin Haney por decisão maioritária dos juízes. O combate teve lugar no âmbito da noite de boxe em Nova Iorque.

Leia mais →

O'Malley: "Quero lutar com Dvalishvili o mais depressa possível".
23 de Abril de 2024 às 07:00

O campeão dos pesos leves do UFC, o americano Sean O'Malley, apontou o único problema que impede a organização do seu combate contra o georgiano Merab Dvalishvili.

"Quero que esse combate seja marcado o mais rápido possível. O único problema é que vários torneios numerados serão realizados fora dos EUA e eu não luto fora do país. O UFC tem outros caras que lutam em locais de atuação. Mas eu estou pronto para lutar, pronto para marcar uma luta. Jesus, eu quero acertar o Merab com uma joelhada. Bum! - e derrubá-lo", disse O'Malley em seu canal no YouTube.

Recorde-se que O'Malley fez o seu último combate no início de março, derrotando Marlon Vera por pontos.

Leia mais →

O'Malley gozou com a vitória de Sterling sobre Kattar
21 de Abril de 2024 às 08:20

O campeão dos pesos pluma da UFC, Sean O'Malley, avaliou a estreia do antigo detentor do título, Aljamain Sterling, na divisão de pesos-médios.

No dia 13 de abril, no evento de aniversário do UFC 300, em Las Vegas, nos Estados Unidos, Sterling venceu Kelvin Kattar por decisão unânime no placar dos juízes.

"O Aljamain esteve bem. Kattar esteve muito mal contra ele. Sim, e Sterling parece muito maior em peso-médio. No entanto, se bem me lembro, Aljamain foi vaiado três vezes. Ele estava a levar o combate para o chão e a manter Kattar no chão. Estavam ali deitados. Esse é o estilo do Sterling. Então eu salvei o peso leve", disse o americano em seu canal no YouTube.

Leia mais →

"Combate louco". O'Malley falou sobre a vitória de Tsarukyan sobre Oliveira
17 de Abril de 2024 às 09:44

O campeão de pesos-leves do UFC, Sean O'Malley, partilhou as suas impressões sobre o combate da divisão de pesos-leves entre Arman Tsarukyan e Charles Oliveira, no passado fim de semana, no evento de aniversário do UFC 300, em Las Vegas, EUA.

"Foi um grande combate. Oliveira quase ganhou com um estrangulamento e depois falhou muitos golpes de cotovelo no final do segundo round. Segurei o estrangulamento um minuto antes .... Foi um combate de loucos. Qual é o próximo combate de Arman? O seu primeiro combate com Islam Makhachev foi renhido" - disse o americano no seu canal do YouTube.

Lembre-se que Tsarukyan derrotou Oliveira por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28) e subiu para o número um no ranking da divisão de pesos leves do UFC.

Leia mais →

O'Malley: "Porque é que o Holloway quereria voltar para a divisão de pesos-médios?"
16 de Abril de 2024 às 07:49

O campeão dos pesos-moscas do UFC, Sean O'Malley, expressou sua opinião de que o ex-líder da divisão dos pesos-penas, Max Holloway, deveria continuar sua carreira na divisão dos pesos-leves após sua impressionante vitória sobre Justin Gaethje.

"A luta entre Gaethje e Holloway é um dos momentos mais loucos da história do UFC. Era exatamente o que eu queria fazer com Vera, não deu certo, mas o nocaute foi lendário como o inferno.

Pensei que o Max ia ficar nos 70 lbs, mas ele vai lutar pelo título nos 65 lbs. Ele acabou de nocautear Justin Gaethje, por que ele faria isso?" - afirmou O'Malley no seu canal do YouTube.

Recorde-se que, a 13 de abril, no evento de aniversário do UFC 300, Holloway nocauteou Gaethje nos segundos finais de um combate de cinco assaltos.

Leia mais →