Chisora foi nomeado pugilista que pode agora derrotar Usik e Fury
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 16:26

O veterano britânico dos pesos pesados Dereck Chisora expressou a sua opinião de que Anthony Joshua, na sua forma atual, é capaz de derrotar os actuais líderes da divisão - Oleksandr Usyk e Tyson Fury.

"Neste momento, apostaria em Joshua se ele lutasse com Fury. O seu poder seria demasiado para Tyson. Além disso, não devemos esquecer que Ben Davison(treinador deAnthony Joshua- nota) conhece Tyson muito bem, por isso acho que Anthony venceria.

Além disso, Joshua teria limpado o chão com Usik agora mesmo. Não creio que o combate tivesse durado seis assaltos. No entanto, considerando os registos actuais e os desempenhos anteriores, o melhor peso pesado do mundo neste momento é Usik. Ele subiu para super-pesado e conquistou-o. Mais um combate e ele poderá provar que é o melhor, independentemente do peso", afirma Chisora no DAZN.

Recorde-se que o último combate de Joshua teve lugar a 8 de março, com a vitória por nocaute sobre Francis Ngannou no segundo assalto.

Leia mais →

Zakhozhyi fez uma previsão para o combate entre Usik e Fury
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 15:55

O ucraniano Oleksandr Usyk, campeão mundial da WBA, da WBO e da IBF nesta divisão, acredita que o seu compatriota Oleksandr Usyk conseguirá manter a vitória sobre o britânico Tyson Fury, detentor do cinturão da WBC.

"Esperamos que o Alexander ganhe. Mas, na verdade, acho que desta vez vai ser muito difícil. Porque Fury começou a treinar muito ativamente. E estamos a ver a boa forma em que ele está agora. Perdeu peso. Acho que ele vai tentar vencer o Usik. Não acho que ele esteja a tentar um nocaute. Acho que ele vai tentar ganhar por velocidade" - diz Zakhozhego vRINGe .

Recorde-se que o tão aguardado combate por todos os cinturões de pesos pesados terá lugar a 18 de maio em Riade, na Arábia Saudita.

Leia mais →

Opetaia comentou os rumores de que teria derrubado Fury no treino
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 15:23

O antigo campeão mundial de pesos pluma, Jai Opetaia, negou os rumores de que teria mandado o detentor do título de pesos pesados do WBC, Tyson Fury, para o tapete durante uma sessão de treino.

"É tudo treta. São tudo tretas. É irritante que os jornalistas estejam a espalhar mentiras absolutas em vez de criarem algo positivo. Dois lutadores de topo em duas categorias de peso diferentes estão a ajudar-se mutuamente a seguir em frente. É bom para o boxe e eles querem criticar-nos e virar-nos um contra o outro. É uma estupidez.

Já vi pessoas dizerem em entrevistas: "Aconteceu isto, aconteceu aquilo." Mas eles não sabem de nada. É uma treta. Toda a gente que diz que aconteceu isto ou aquilo está a mentir. Percebem o que estou a dizer? A não ser que não estivessem mesmo lá, não sabem nada. Acho que isso é uma lição para toda a gente. Os rumores espalham-se muito rapidamente. Devia ser uma lição para toda a gente", disse Opetaya numa entrevista ao canal do YouTube Seconds Out.

Leia mais →

Chandler: "Não faz sentido eu estar a atacar a 'perna dorida' do McGregor"
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 14:50

O veterano americano da divisão de pesos leves do UFC Michael Chandler garantiu que em sua próxima luta com Conor McGregor, ele não atacará a perna esquerda do irlandês, que ele quebrou em sua luta com Dustin Puryear em julho de 2021.

"A sua 'perna dorida' na sua postura habitual acaba nas costas. Por isso, não faz sentido eu atacá-lo. Tens de te concentrar nos teus pontos fortes. Golpes fortes na cabeça e no corpo, traduções, pressão constante e trabalho até à exaustão. Esse é o estilo do Michael Chandler. E é um disparate pensar que eu mudaria alguma coisa.

Por outro lado, quebrar a grade de um oponente pode ser benéfico. Afecta o movimento, o movimento e a força do murro. Mas acho que não vou dar muitos pontapés nas pernas. Ainda não pensei nisso", disse Chandler no programa The MMA Hour.

Recorde-se que o combate McGregor - Chandler será o evento principal do torneio UFC 303, que terá lugar a 29 de junho em Las Vegas.

Leia mais →

Topuria para Holloway: "Não gostas das minhas condições - Ortega está pronto para te substituir"
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 09:18

O campeão dos pesos penas do UFC, Elijah Topuria, voltou a falar sobre um possível combate com o antigo detentor do título, Max Holloway.

"Tem uma coisa que vai te dar uma luta por dinheiro, que é o cinturão do BMF. Já não estou a lutar por dinheiro, estou a construir um legado. Serei o primeiro a conquistar esse cinturão sendo campeão.

Fui o primeiro a nocautear o Volkanovski e quase de certeza que serei o primeiro a mandar-te para a cama. E não há vergonha nenhuma nisso - terás uma derrota para um campeão que será lembrado para sempre. Eu é que decido quem será o meu adversário, quando lutaremos e onde. Se não gostares das minhas condições, o Ortega está provavelmente pronto para te substituir", escreveu Topuria na rede social X.

Leia mais →

Muhammad: "Odeio o Edwards até ao tutano."
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 08:20

Belal Muhammad, número 2 dos pesos-médios da UFC, falou sobre a sua atitude em relação ao atual campeão da divisão, Leon Edwards.

"Odeio-o profundamente. Ele tenta evitar me enfrentar, menospreza minhas conquistas, diz que eu não mereço uma luta pelo cinturão. Coisas como essas deixam-me furioso. Alimentam o meu ódio por este tipo e mal posso esperar para o difamar.

Claro que vou estar pronto para lutar com o Edwards na sua terra natal. Tenho mais fãs em Manchester do que ele. Ninguém lá quer saber dele. Quando houve um desfile em sua honra, apareceram seis pessoas e três delas eram familiares dele. Se tiver a oportunidade de ir à sua terra natal e derrotá-lo lá, será fantástico", disse Muhammad ao MMA Mania.

Leia mais →

'Fenómeno'. Whittaker entusiasmado com a vitória de Pereira sobre Hill
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 07:48

O ex-campeão dos pesos médios do UFC , Robert Whittaker, falou com admiração sobre o desempenho do detentor do cinturão dos pesos galos da promoção, Alex Pereira, em sua luta contra Jamal Hill.

No dia 13 de abril, na luta principal do UFC 300, em Las Vegas, EUA, o brasileiro fez a primeira defesa de seu título, nocauteando o americano no round inicial.

"Estamos diante de uma habilidade real. Esse cara é um fenômeno, ele está vários níveis acima da maioria dos lutadores. Isso deve-se à sua incrível experiência e ao seu historial de campeão no Glory.

Na noite do combate, ele parecia tão concentrado quanto possível. Depois, deu três murros, um dos quais levou Hill a um knockout. Isso é uma loucura. O mais importante é nunca baixar a guarda num combate com o Alex, aconteça o que acontecer. Porque não podes confiar a tua segurança ao árbitro ou a qualquer outra pessoa. Só depende de ti", disse o australiano ao Middle Easy.

Leia mais →

Chandler criticou a recusa de Tsarukyan em desistir de um combate pelo título
Dmitriy Kel
19 de Abril de 2024 às 07:13

O americano Michael Chandler, veterano dos pesos leves do UFC, se pronunciou sobre a decisão de Arman Tsarukyan de desistir de lutar contra o campeão Islam Makhachev no UFC 302, marcado para 1º de junho em Newark, N.J., EUA.

"O Tsarukyan acabou de vencer o Oliveira. Agora ele é o principal desafiante. Mas não consigo entender por que ele não concordou em lutar com Makhachev em 1º de junho. Eu teria concordado. Meu, este desporto está a evoluir rapidamente - muito rapidamente.

No dia 1 de junho, vamos ver um combate pelo título de pesos leves. E duas semanas mais tarde, vão ver o maior combate entre mim e o McGregor, que vai ser muito mais sério do que o combate Makhachev-Porrier. Se necessário, eu e o Conor vamos descer para o peso leve. O desporto está a evoluir rapidamente, por isso há que aproveitar as oportunidades e não as perder", disse Chandler ao MMA News.

Leia mais →

Whittaker acha que Nickal ainda não está pronto para enfrentar adversários do top 10
Dmitriy Kel
18 de Abril de 2024 às 21:44

O ex-campeão dos pesos-médios do UFC , Robert Whittaker, expressou sua opinião de que é muito cedo para o prospeto invicto da divisão, Bo Nakal, passar a lutar contra lutadores do top 10 do ranking.

Leia mais →

Dillashaw: "O Jones teria vencido facilmente o Pereira".
Dmitriy Kel
18 de Abril de 2024 às 21:00

O ex-campeão dos pesos leves do UFC, T.J. Dillashaw, expressou confiança de que o detentor do título da divisão dos penas, Alex Pereira, não tem chance em uma possível luta com o líder da divisão dos pesos pesados, Jon Jones.

"Já vimos que Pereira não é muito bom no paredão. Ele é um campeão, embora tenha falhas. No entanto, ele é um kickboxer muito bom. A forma como dominou o MMA tão rapidamente é incrível, mas há falhas no seu jogo, sem dúvida. Ele é obviamente o melhor kickboxer que já tivemos no UFC. O seu wrestling e grappling precisam de ser melhorados.

Vimos uma luta em que ele foi deslocado e não fazia ideia de como voltar a ficar de pé. Provavelmente está a trabalhar nisso. Tem um lutador de jiu-jitsu fantástico, o Teixeira, na sua equipa, por isso tenho a certeza que está a evoluir. Um possível combate entre Pereira e Jones? O Jon superá-lo-ia. Fácil", diz Dillashaw citado pelo Middle Easy.

Recorde-se que, no passado fim de semana, no UFC 300, em Las Vegas, EUA, Pereira fez a primeira defesa do cinturão nos 93 kg, nocauteando Jamal Hill no assalto inicial.

Leia mais →