Thompson: "Treinar com os melhores vai ajudar-me a vencer o Opetaia"

Jordan Thompson. Imagens de Getty
Jordan Thompson. Imagens de Getty

Jordan Thompson (15-0, 12 KOs) acredita que as numerosas sessões de treino com os melhores do mundo o desenvolveram o suficiente para vencer esta noite Jaya Opetayu (22-0, 17 KOs) e tirar-lhe o cinto de pesos pesados da IBF.

"Algumas pessoas ganham experiência no ringue olímpico, mas eu ganhei-a sobretudo durante os treinos intensos. Fury, Usyk, Briedis, treinei com os melhores do mundo e aprendi com eles. Mas também lidei muito bem com eles. Cada um deles falou de mim de forma positiva e cada um deles ficou satisfeito comigo. Isso deu-me confiança e permitiu-me evoluir. Fiz mais de cem assaltos com o Tyson Fury. Além disso, o treinador 'Sugar' Hill deu-me muitos conselhos e deu-me conselhos muito valiosos", disse Thompson.

"Quando estou num ambiente assim, ouço tudo e absorvo tudo como uma esponja. A viagem a Kiev para o campo de treinos da Usik também foi uma óptima experiência. Recebi algumas lições de boxe dele, mas isto faz parte do meu percurso no boxe. Ele é um lutador muito inteligente, tecnicamente superior e com um elevado QI de boxe. Falo muito de sparring, mas sou um vencedor e, quando entrar no ringue com o Opetaia, vou fazer tudo para ganhar. Tenho a capacidade atlética, a velocidade e a força necessárias, pelo que não há melhor altura para um combate destes do que agora. Estas oportunidades não podem ser desperdiçadas, têm de ser aproveitadas e utilizadas", afirmou o motivado candidato.