O promotor de Joshua reagiu ao anúncio do combate Usyk-Fury

Tyson Fury e Alexander Usyk
Tyson Fury e Alexander Usyk

O diretor da empresa de promoção Matchroom Boxing, Eddie Hearn, comentou a notícia de que o campeão mundial de pesos pesados da WBA, da WBO e da IBF, Alexander Usik, chegou a acordo sobre um combate com o detentor do título da WBC, Tyson Fury.

"É incrível. Espero que o combate aconteça. Acredito que eles vão lutar. Acredito que sempre que for oferecida uma grande quantia de dinheiro ao Fury, ele aceitará o combate.

Numa entrevista, Bob Arum disse que Fury iria ganhar cem milhões de dólares, e depois rapidamente duplicou esse valor. Mas tenho a certeza de que Fury vai receber muito dinheiro. Sabemos aproximadamente o montante, porque foi discutido anteriormente, e vocês ouviram essas conversas. Será muito dinheiro. E este é um grande combate para a divisão de pesos pesados. Espero que se realize. Não sei quando é que vai acontecer. O meu instinto diz-me que será em janeiro, mas temos de pensar no dia 23 de dezembro, porque também estamos a planear o combate entre Chris Eubank e Conor Benn para essa data. Penso que é ótimo para o boxe", disse Hearn numa entrevista ao canal do YouTube Boxing Social.

Recorde-se que anteriormente se soube que Fury e Usyk assinaram um contrato para um combate na Arábia Saudita.

FightNews.info